rss
twitter
    Saiba o que estou fazendo, siga-me:)

Tempo... ah, o tempo....

Dizem que o melhor remédio é o tempo. Outros dizem que o tempo é nosso inimigo, pois enquanto passa, apressa nosso encontro com a morte. Seja lá como for, o certo é que com o passar do tempo abordamos os problemas de maneira diferente.

Quando eu era pequeno, enfrentava e na maioria das vezes tentava fugir das situações embaraçosas.

Quando adolescente, enfrentava, mas talvez, não da melhor maneira, o que acabava ocasionando mais problemas.

Agora mais adulto, mas nem tanto, ainda enfrento os mesmos problemas, mas mudei em muito a forma com que os abordo, e com certeza isso tem sido o diferencial entre os tempos anteriores.

Com o tempo, se aprende que ninguém vale o nosso sofrimento, a não ser as pessoas que sempre sofrem por nós, nossos pais.

Com o tempo, percebe que se os pais dos nossos amigos que já partiram, os fizessem sofrer como de certa forma meus pais já me fizeram sofrer, certamente, hoje, estariam entre nós.

De certa forma, fico pensando, nunca fui tão grato aos meus pais como deveria e devo ter sido. Posso não ter o melhor dos caráters, mas não por culpa deles, culpa minha, por ser rebelde as vezes, mas o caminho foi mostrado.

Na boa, a gente vê que não dá o real valor pros pais, quando vê alguém que perdeu um dos seus, quando pequenino. E isso me parte, porque eu, e muita gente por aí, deveria ser melhor ainda com os pais.

1 comentários:

Edward Burton disse...

JUDEUS SIONISTAS: BESTAS DO APOCALIPSE!
Se tivessem deixado Hitler terminar o "serviço", essas "bestas do apocalipse" teriam sido varridas da face da Terra e poderíamos dormir tranquilos sem a ameaça da espada de Dâmocles pairando sobre nossas cabeças.