rss
twitter
    Saiba o que estou fazendo, siga-me:)

Os princípios mais importantes podem e devem ser inflexíveis - Abraham Lincoln

Ética, nada mais é, do que um conjunto de valores e regras que diferenciam o certo do errado, ou seja, indicam quando um comportamento é aceitável ou não.
Certamente, Abraham Lincoln se referia também à ética como um dos princípios mais importantes, princípios esses definidos para o bom andamento das coisas na sociedade.

A sociedade, por definição, é o conjunto de pessoas que compartilham propósitos, gostos, preocupações e costumes, e que interagindo, acabam formando uma comunidade.

Kohlberg formulou um modelo de desenvolimento moral, sobre como indivíduos de uma sociedade lidam com dilemas éticos, incluindo como determinar o que é certo ou errado em certas situações, ele identificou ainda em seu modelo, 6 estágios do desenvolvimento do juízo moral e agrupou-os em 3 grandes níveis, que correspondem aos modos sucessivos de justificar a escolha de um comportamento com base em princípios éticos novos. Estas estapas classificam-se segundo uma hierarquia em progressão contínua, cada novo estágio intregrando e consolidando o precedente.

O indivíduo no 1º estágio, o de obediência e punição, faz as coisas certas principalmente para evitar o castigo, ou para obter aprovação, tendo pouca sensibilidade das necessidades dos outros.

No 2º estágio, de troca instrumental, o ato é julgado moral se o resultado coincide com os interesses e as necessidades do próprio indivíduo ou dos outros.

O 3º estágio diz respeito às relações interpessoais: a moralidade dos comportamentos é ditada pelas boas relações. É preciso ajudar os outros, agradar-lhes e obter sua aprovação.

No 4º estágio, lei e órdem, o indivíduo reconhece que o comportamento ético não depende exclusivamente dos amigos, família ou colegas de trabalho. Comportamento correto consiste em fazer o seu trabalho, mostrar respeito pela autoridade a fim de evitar a culpabilidade que daí resulta.

O 5º estágio refere-se ao contrato social: as regras devem ser respeitadas pois são elas que o fundamentam.

O 6º e último estágio, diz respeito aos princípios universais: o bom defini-se segundo a consciência de cada um, segundo princípios éticos adotados de modo autônomo, mais do que em conformidade com as leis e as convenções sociais.

Mas afinal, quais são os princípios e estágios que regem nossa atual sociedade?

Refletindo sobre os estágios de Kohlberg, vemos que muitos desses estágios nem sequer são respeitados.

Como primeiro exemplo, nossos políticos não observam os dois preceitos de Kohlberg que julgo mais importe , que são o 2º e o 3º.
Muitos dos que nós elegemos, estão lá para defender interesses próprios, e os interesses coletivos que se danem.

Focalizando a sociedade em um nivel mais baixo, na das relações interpessoais, vemos que a competitividade faz os indivíduos também estrapolarem esses dois princípios, o que muitas vezes acaba resultando em ação violenta por parte de outros.

Usar a própria consciência para julgar as coisas não é algo tão recomendado. Deve-se antes de tudo, observar os princípios éticos, morais, a fim de julgar o certo e o errado, e depois, por a mão na consciência.

Tenha sempre em mente, que você será julgado pelos seus atos, e que por mais "limpa" que seja sua cosciência, de nada ela valerá se não estiver em conformidade com as regras que regem os princípios éticos, morais e de bons costumes.

0 comentários: